Próximos Eventos

Sem eventos

Nossos Ministérios

BERCARIO_home

BROTINHOS_home

glubglub_home

Dynamic_Station_Home

Time_de_Deus_home

Mocidade_02_Home_01

111_Home_soon

113_ministerios2b


Jornadas Missionárias:

Um Testemunho

Ler todos os testemunhos

Por Ellen Lee, Equipe de Tabatinga para as Jornadas Missionárias 2014

Nessa viagem missionária, Deus me mostrou que sou fraca e limitada e que nada posso sem Ele. Nos primeiros dias, senti um grande choque cultural, pois não conhecia o modo de vida dos indígenas. Além disso, senti bastante cansaço físico e fome, mas com a graça de Deus através dos devocionais matinais, momentos de oração, sermões e muita meditação (QT), passei a confiar mais em Deus e receber o que Ele havia preparado pra mim a cada dia que passava. Meu plano inicial ao participar da viagem missionária era praticar tudo que eu havia aprendido e estudado nos sermões e estudos bíblicos, realmente vivenciar o que eu dizia crer que era correto. Queria sofrer, descobrir meus limites e principalmente me confrontar com Deus, ouvir e aprender tudo que Ele queria que eu aprendesse. Lá em Tabatinga, fiquei longe das responsabilidades, da família e dos amigos. Nem o celular eu podia usar, ou seja, zero distração. Foi nessa viagem que eu experimentei como é viver 24h por dia focado em Deus, na Sua obra, orando constantemente e servindo o próximo. Em momentos de fraqueza em que eu desejava desistir, orava pra Deus e Ele me respondia     através da leitura Palavra, me dizendo pra não desanimar, pois "embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia" (2 COR 4:16). O livro que recebemos, Louco Amor, também me ajudou muito a manter o foco e refletir sobre minha posição diante de Deus e dos homens, que tipo de cristã estava sendo, se eu estava sendo sal e luz nessa Terra.
Durante a viagem missionária, entendi o quanto é importante orarmos e intercedermos pelo próximo, quão poderosa é a oração feita com fé e esperança, e o que verdadeiramente

Significa "amar o próximo". É claro que não mudei da água para o vinho depois dessa viagem missionária, que foi a minha primeira. Mas posso finalmente afirmar que eu experimentei o meu primeiro amor, porque quando eu era mais jovem, quando andava no Time de Deus, apenas *achava* que conhecia a Deus, e Ele supria meus proprios desejos. Acontece que, quanto mais O busco e conheço melhor, parece que não sei nada, e minha mente não consegue entender tudo o que Deus faz e fez por mim.

Depois da viagem para Tabatinga, sinto meu coração renovado, não por inteiro, mas surgiu um desejo de viver menos por mim e buscar a verdade na Palavra para glorificar ao único que é digno do meu louvor.

"Senhor Deus! Quantas maravilhas tens feito! Não se pode relatar os planos que preparaste para nós! Eu Queria proclamá-los e anunciá-los, mas são por demais numerosos!" (Salmos 40:4-5)

 

 

 

 

Notícias de Brian e Cecilia - Março 2015

 

 

 

Carne ou mingau?

Perguntamos aos mais de 200 alunos wai-wai do MICALI em Mapuera quando estudávamos o livro de Hebreus se preferiam carne ou mingau* (Hb 5:11-14). Wilson wai-wai, sentado bem na frente votou pela carne. Ele junto com outros alunos tentavam "mastigar" o ensinamento de como Jesus é maior que o templo, maior que os sacerdotes e até sobre Melquisedeque e os heróis da fé. Às vezes, a carne era um pouco dura mas ficamos surpresos como no fim do curso conseguiram explicar muitas das profundas verdades reveladas no livro de Hebreus. Apesar da ausência do nosso tradutor oficial, Wilson pareceu entender bem mesmo com o tradutor substituto, o próprio cacique. Deus é tão Bom!
* O leite não faz parte da dieta deles.

Depois que voltamos para Boa Vista, Brian teve reuniões a semana inteira por ser um dos conselheiros da MEVA. Logo tivemos a 56o Convenção Anual onde tivemos um preletor vindo do Sul do Brasil e relatórios de todos os ministérios da Missão. A Convenção sempre termina com um churrasco especial! No fim deste mês viajaremos para 2 comunidades macuxi para dar o curso do MICALI de Efésios e Romanos. Com todos esses eventos é difícil preparar bem esses cursos. Orem conosco para que Deus nos dê sabedoria no preparo e ensino, assim como momentos de renovação para continuar fortes diante dos desafios.

Aos domingos quando estamos na cidade continuamos servindo a Igreja do nosso Quintal e depois viajamos para visitar alguma igreja nas aldeias. O propósito dessas viagens é para acompanhar nossos alunos do MICALI Avançado em seus ministérios. Também visitamos aldeias wai-wai onde começaremos o mesmo programa em setembro desse ano. A tradução das apostilas anda meio devagar por isso pedimos oração para o término da tradução, também por um bom aproveitamento dessas visitas e proteção nas muitas viagens de carro. 

Obrigada por nos acompanhar em apoio e orações. 
Em Cristo, Brian e Cecilia.
Igreja do nosso Quintal. Enquanto estão na cidade, os indígenas que ficam na casa de apoio da MEVA tem onde adorar a Deus em sua própria língua. 
Louvamos a Deus pela caminhonete 4x4 que nos possibilita tantas viagens a lugares que carros comuns não entram.
Visita a uma comunidade wai-wai onde estão construindo uma grande igreja.
Sempre com saudades dos amigos e irmãos!
Copyright © 2015 Missão Evangélica da Amazônia- MEVA/ 
CrossWorld All rights reserved.


 

 

        DEUS AINDA GOVERNA

capa abril 2015
Esperamos que possamos experimentar a incrível providência de Deus que opera através da paixão e inteligência de Paulo, meditando o livro de Romanos com o Vida Abundante durante os próximos três meses. Para entender o livro de Romanos, primeiramente, devemos lembrar de que, na ocasião, existia conflito entre os cristãos judeus e os cristãos gentios. Os judeus já estavam espalhados (diáspora dos judeus) pelo Império Romano antes de Jesus, e a corrente principal da Igreja Romana era formada pelos cristãos judeus. Entre os cristãos judeus, apesar de crerem no fato de Jesus ter vindo como Messias, continuavam a acreditar que as práticas da sua identidade, como a circuncisão e as leis (em relação ao alimento, às comemorações, etc.), eram essenciais. Muitos deles acreditavam que os gentios que são incircuncisos, que não cumprem o sábado e que comem carne de porco eram abomináveis. Às vezes, chegavam a exigir dos cristãos gentios que praticassem as mesmas coisas que os judeus. Paulo também era judeu e fariseu, porém ele identificou que essa atitude dos cristãos judeus não combinava com o evangelho. O anúncio de que a salvação ocorre somente através de Jesus Cristo, mediante a fé e não pela Lei, diminuiu o conflito entre judeus e gentios e ensinou os judeus a aceitar os gentios como irmãos, mantendo a unidade.

 

qr va abril 2015

Faça o download do devocional para o seu computador ou dispositivo móvel aqui (clique aqui)


 
Termos de Uso | Política de Privacidade | Mapa do Site
Igreja Yonhap Presbiteriana Unida Coreana de Sao Paulo | Todos os direitos reservados | Pabx: (11) 3208-2555
Historymakers